À espera do Leo

O Leo é um daqueles bebês que foi muito esperado, muito desejado e muito pedido em fé e oração (assim como a minha Anne). Então pra contar essa história, nada mais justo que eu copiar aqui pra vocês a história contada pela própria mamãe Nicolly.


"O DIA DEPOIS DE AMANHÃ..


Eu sempre quis ser Mãe. Isso todo mundo já sabe. O que eu não sabia é que a minha gestação seria tão atípica e diferente do que eu sempre imaginei ser! A Pandemia, ah essa Pandemia... foi realmente tão diferente de tudo que eu havia sonhado para minha gestação. Mas não menos feliz! Há quem diga, ou melhor pense, que a minha gestação foi por vezes silenciosa e introspectiva... e que você amigo ou amiga tenham sabido da minha gestação pelas redes sociais... o momento foi esse, e dessa forma foi... a minha gestação foi de fato diferente e difícil. Mas diante de tudo isso, só eu e o Rafa sabemos na pele o que passamos! Sim, não foi fácil! Mas estamos mais felizes que nunca! Hoje, uma data especial resolvemos compartilhar a história do nosso LEONARDO.


Dia 06/07 – 06:44, resolvi fazer o teste de farmácia e sim! O teste deu positivo! Meu coração explodiu de tanta felicidade, foi surreal. Às 07:34, levamos café da manhã pro Papai na cama – e eu já sabia... o Rafa seria um pai incrível! Lágrimas e muito Amor naquele nosso momento tão especial. A ficha ainda não havia caído!


Dia 14/07 – 09:29, nossa primeira eco. Que emoção! Nosso bebezinho tinha 6 semanas e 2 dias e DPP para 07/03. Foi emocionante, pudemos ouvir o coraçãozinho do nosso filho!


Dia 28/08 – 07:44, nossa eco morfológica. Aperta aqui, ali, a Dra. olha, olha novamente, silêncio e tempo do exame intermináveis, eu rezei e pedi para Nossa Senhora estar conosco, um desespero me assombrou – ela tira todas as medidas e analisa cautelosamente e nos explica o que qualquer mãe e pai não querem escutar: “O Filho de vocês pode ter uma Síndrome”. Nosso chão sumiu, não dá para descrever em palavras. Às 11:30 estávamos no nosso Obstetra, e ele nos indicou um exame genético e invasivo para detectar ou não que nosso filho pudesse ter alguma Síndrome.


Dia 31/08 – 12:00, realizamos a Biópsia para retirar material da placenta - os cromossomos presentes na placenta são os mesmos do feto. Foi um dia difícil, de muita fé, muito amor e muita esperança. Foi feliz também, pois a primeira coisa que o Dr. nos perguntou foi “vocês já sabem o sexo?”, e eu quis saber naquele momento pra me sentir feliz.. nada mais fazia sentido... chá revelação, ser menino ou menina, pedíamos apenas saúde! ... “parabéns é um PIÁ”. Lágrimas de felicidade correram... foi uma Felicidade sem fim! Eu teria os “Meus meninos” [...] O material foi enviado para um laboratório genético, e precisávamos esperar o resultado do Cariótipo – aonde são analisados todos os cromossomos. Esse exame demora a sair, e assim aguardamos por quase 20 dias. Sim, foram os dias mais difíceis e longos das nossas vidas. Nada se compara ao sentimento e apreensão que sentimos. Mas como sempre, o Amor e apoio entre eu e o Rafa era imensurável, algo tão forte entre nós que eu nunca imaginei.


Dia 17/09 – 13:30, o Rafa recebeu a ligação do Dr. – naquele momento chovia, mas foi uma chuva de bênçãos, ela durou menos de 15 minutos, me lembro bem. Era a benção da nova vida que iríamos trilhar juntos. Larguei tudo! “more quem era?” “o Doutor...” um silêncio pairou... o Rafa baixou a cabeça e respirou fundo.. “o Leo tem Síndrome de Down”.


Desde então, o Amor só cresceu... sim nós choramos, tivemos nosso momento de luto – e a gestação seguia ali, diferente e mais difícil do que tudo que eu imaginava. E é por isso que eu já me sentia mais Mãe que nunca, pois a partir daí minha vida focou na Síndrome de Down – o nosso desconhecido. Eu não conseguiria sem o Rafa, ele foi a minha força, a minha fé, a minha esperança. A gente descobriu que nada mais era um “problema”, e o sentido e os valores da vida, das coisas grandes ou pequenas do dia a dia eram fáceis de serem resolvidas – pra tudo tem solução, mas para uma Síndrome, essa não. Chegou um dia que ele olhou pra mim e disse que precisávamos parar de chorar e aproveitar a nossa gestação, que o Leonardo era o presente que Deus nos enviou e que ele havia escolhido a Família certa, a nossa! Levantamos a cabeça e seguimos! Juntos! A partir daí conheci Mães incríveis, as quais tinham a mesma história que a nossa! Foi isso que me deu força e esperança para seguir todos os dias com o nosso Leo – e eu agradeço cada uma delas de coração! A partir daí, a gestação seguiu no seu “silêncio”.. da forma que entendíamos que pra nós seria melhor... uma gestação cheia de estudos, entendimentos e descobertas desse novo mundo nosso. Fomos incansáveis, dia pós dia.


E tá tudo bem! A gente está mais feliz que nunca! O Leo tem Trissomia do Cromossomo 21 e tá tudo certo! Passamos nosso momento de luto, mas agora a gente só quer trilhar no caminho da FELICIDADE! O DIA DEPOIS DE AMANHÃ que citei aqui, é sobre ser feliz sempre! Ontem, hoje, amanhã e depois de amanhã! Nosso Leo é só Amor! Cromossomo do Amor? Não sei, pois ele já seria amado de qualquer forma – eu não acho que esse termo se encaixe depois de tudo que eu sei hoje. O Amor está no dia a dia, na história que criaremos juntos com a nossa Família, nossos Amigos - com a estimulação diária, com nossas Fono, Fisio, TO, e todo acompanhamento que precisamos ter com relação à alimentação, acompanhamento com Cardiologista, Neurologista, Oftalmo, Otorrino e tantos outros profissionais. Só temos a agradecer a SAÚDE do Leo! Nossa benção!


O nome escolhido para ele não poderia ser mais apropriado: Leonardo – valente, forte e corajoso como um Leão. Sim filho, somos vencedores. E ao ter cruzado a linha de chegada no dia 16/02/21 trouxe comigo tudo o que aprendi na gestação sobre a sua Síndrome e sou grata por poder viver tudo isso ao seu lado! Você é o nosso maior presente, porque Diagnóstico não é Destino e você pode ser tudo o que você quiser! E sim, é você que chega nas nossas vidas para nos transformar, e mudar a vida de todos que nos cercam! Nós temos certeza que você levará amor e sorrisos por onde passar.


Hoje, dia 21/03 é Dia Internacional da Síndrome de Down, e é por isso que escolhemos essa data para compartilhar a nossa história. Juntos, seguimos apoiando de alguma forma todos os indivíduos com T21 e a busca da igualdade entre todas as pessoas, com um não ao Capacitismo, e um sim a todas as vitórias, possibilidades e conquistas diárias! Ser diferente é normal. E no final das contas que diferença tem um Cromossomo extra?


Que Deus, nosso Jesus e Nossa Senhora te abençoe, todos os dias da sua vida.


Mamãe e Papai são seus fãs desde sempre! Amo você meu pequeno!"



25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Pinterest
  • Facebook
  • Instagram

CONTATO

E-mail: falecom@adrielicancelier.com

Formulário: www.adrielicancelier.com/contato

Whatsapp: 41 9 98898311 - fotografia

ADRIELI CANCELIER

Fotografia Lifestyle de Família

Curitiba/PR - Brasil

Adrieli Cancelier é fotógrafa lifestyle de família em Curitiba, disponível para ensaio fotográfico de recém-nascido, fotografia infantil, book de bebê, ensaio gestante, cobertura de festa infantil e fotografia de família lifestyle em Curitiba, São José dos Pinhais, Campo Largo, Pinhais, Ilha do Mel, Caiobá, Matinhos, Balneário Camboriú, Itapema, Florianópolis, Criciúma - fazendo ensaio fotográfico em casa, ensaio ao ar livre, na praia, no rio, nos parques ou na cidade. 

2013 - 2019 Adrieli Cancelier - Fotografia lifestyle de família e ensaio gestante em Curitiba | Todos os direitos reservados